quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Novo ano - nova vida (?)

Fazendo contas, já se divorciou há 217 dias.
Duzentos e dezassete dias em que contou apenas com ela (aliás o que era costume, mas que nunca se tinha acostumado).
Nestes dias (e noites) o seu humor foi variando, de bem disposta e confiante no futuro, a mal humorada e temerosa, passando por aquela sensação de "dormente", de nada sentir.

Esteve apaixonada. Sim, apaixonada! Uma paixão antiga e encarcerada no seu coração que pode, finalmente, arrebatar-lhe as emoçoes e descontroladamente mostrar-lhe que ainda está viva. Uma semana de paixão intensa e arrebatadora. Obrigada C.

Teve as primeiras férias com F grande, isto é, férias sem interrupções (ou porque ele tinha um programa de rádio para fazer ou uma banda a tocar).
Dez dias nos Pirenéus e em Paris.

No final de Agosto ela pode ver com os seus olhos, e sentir com o seu coração, que, de facto, há mais vida para além de R., coisa que andava a tentar dizer a si própria desde o mal fadado dia 5 de Janeiro de 2006!

Enfim, viveu.
Experimentou outras coisas.
Fez novos amigos.
Voltou a ouvir música.
Melhor, voltou a delirar com a música.

A pôr o som alto e a dançar.
Voltou a comprar CDs
(antes não comprava por três razões:
1. Ele comprava muitos;
2. Não havia espaço,
porque ele tinha muitos;
3. Não tinha dinheiro disponível
para esses acessórios,
porque ele gastava muito).
E este fim de semana
vai para a Serra da Estrela
aprender a esquiar, juntamente com os filhotes
(coisa que nunca, estupidamente, imaginaria a fazer sem ele...a aventurar-se no desconhecido).

Mas este final de ano foi difícil de suportar.
O Natal.
Não que seja apegada a este dia.
Mas este Natal foi o primeiro, em quase 20 anos, que não teve a companhia de R. ~
A família toda reunida.
E recebeu um sms simpático a desejar Bom Natal para todos.
Era ele.
A partir desse momento, a Consoada tornou-se penosa.
No dia 25 ele apareceu, para estar com os filhos e quando os seus olhos se cruzaram ela teve
um baque no coração ,
as suas pernas tremeram e,
voltou a chorar.

Os dias que separaram o dia 25 do dia 31 foram duros. A dúvida voltou a assolar a sua mente e a saudade o seu coração. Chegou a trocar SMS com ele acerca de assuntos banais.
Estas dúvidas costumam passar com alguma atitude menos "polite" da parte dele.
Uma dívida que tem para com ele:
Consegue sempre fazer qualquer coisa que lhe recorda a razão pela qual se divorciou!

Ontem ele mandou-lhe um sms a dizer: "... espero continuar a ser merecedor do teu carinho em 2009. Beijo grande. R."
Um sms impessoal, que depois ele admitiu tê-lo escrito não apenas para ela, mas para as amigas especiais!!!
MERECEDOR do seu CARINHO?????
AMIGA ESPECIAL?????

Ela amou este homem durante anos!
ela pensou que a vida sem ele não tinha sentido;
ela chegou a pensar em suicídio,
pois achava que não conseguia viver,
nem com ele,
nem sem ele.
E AGORA ele fala em CARINHO????
Ele fala em AMIGA ESPECIAL????


Quantas noites em branco à espera dele.
Quantos beijos negados por ele.
Quantos empurrões ele lhe deu quando ela lhe pedia um CARINHO....

E AGORA ELE FALA EM CARINHO???
Mais uma vez, ela acredita plenamente
que tomou a decisão correcta.
Ainda bem que se divorciou!
Ainda bem!
AINDA BEM!!!!!!!!!!!

4 comentários:

Isabeluxa disse...

Ainda bem MEEEEEEEESMO!!! Estás muito melhor F. Muito melhor. Orgulho-me de ti. :-*

regina - nome de chocolate e de mulher disse...

Ao entrar no chocolate Trufa Trufa, encontrei a tua vida, com quadradinhos doces e amargos.
Envio-te um beijinho com a minha estima.
Ju Ralha

regina - nome de chocolate e de mulher disse...

Vai comer uns quadradinhos da Regina, quando quiseres.:)

carlos disse...

Por vezes o esquecimento, o ostracismo é uma arma fortissima que temos ao nosso alcance. Saber usá-la, faz de nós uns heróis. Usa-a com sapiência.